sub som

Cibelle detonando na Inglaterra

Posted in música, show by Gabriel Paiva on 12 setembro, 2008

A paulistana Cibelle Cavali (nome conhecido lá fora, aqui nem tanto) está levando só elogios na sua turnê pela Inglaterra. E está enchendo os palcos também. Após um show lotado no Buffalo Bars, conhecido reduto indie londrino, levou cinco estrelinhas (por sua perfomance ao vivo) de Chris Earls, crítico engomadinho e enjoado do AllGigs. “To describe her voice and performance style it would be somewhere between Nina Simone and Bjork with some of her work sounding from the deep south and others confusingly from another planet”. Concordo. Veja Cibelle e Devendra Banhart num dos clipes mais fofinhos dos últimos tempos:

Dê uma passadinha pelo Myspace da moça também. É bacana.

Anúncios

ENTREVISTA: Cansei de Ser Sexy

Posted in álbum, entrevista by Felipe Leal on 1 agosto, 2008

O que começou como um projeto “despretensioso” se tornou algo inacreditavelmente grande. Saído de São Paulo, o Cansei de Ser Sexy ganhou imensa projeção na mídia internacional e hoje integra grandes festivais em países como Espanha, Inglaterra e Estados Unidos, onde está baseado. Apesar das saudades, a banda está com a agenda lotada e adianta que só toca no Brasil este ano no caso de uma “proposta inacreditável”, mostrando que o multiinstrumentista e produtor Adriano Cintra e suas companheiras de banda estão muito bem, obrigado.

Em entrevista por telefone ao Subsom, a guitarrista e baterista Luiza Sá contou os detalhes da gravação do segundo álbum da banda, “Donkey”, falou um pouco da trajetória do CSS e aproveitou para dizer que Johnny Lydon, ex-vocalista do lendário grupo Sex Pistols, é um “idiota”. Indo na carona do Radiohead, a banda paulistana disponibiliza gratuitamente e na íntegra seu segundo trabalho no site do selo Trama. Aos interessados, a gravadora manterá o disco no ar pelos próximos três meses.

Como foram as gravações do novo álbum?

Quando entramos no estúdio já tínhamos escrito todas as coisas, aí foi mais gravar mesmo. O primeiro disco foi feito no fundo da casa do Adri (Adriano Cintra, baterista, guitarrista, baixista e produtor da banda) e da Carol (Carolina Parra, guitarrista e uma das bateristas), numa salinha, uma espécie de vinícola, e no “Donkey” tivemos a oportunidade de usar o estúdio da Trama, que é incrível. Ninguém encheu nosso saco pra nada, a gente fez tudo de forma organizada. Para mim foi um aprendizado, porque usei um monte de instrumento que nunca tinha usado, guitarra diferente, amplificadores diferentes, e tudo num processo com uma vibração boa. Fizemos as coisas do nosso jeito e ninguém ficou em cima.

Quais as principais diferenças entre o Donkey e o primeiro CD de vocês?

O primeiro disco foi metade feito no computador e metade em estúdio, foi meio feito como demo mesmo e a gente nunca esperava fazer tantas tours com ele. Nesse segundo, estivemos preocupados em ser o mais próximo possível do que somos ao vivo, do que a gente é como banda e a gente se tornou mais banda depois que começamos fazer tours. O Adriano produziu tudo e a mixagem é do Spike Stente, que já trabalhou com o Massive Attack, Madonna, Gwen Stefani e Björk.

Pelas faixas do disco, dá para ver que vocês amadureceram. Está mais bem produzido, as guitarras ganharam mais peso…

Passamos por muita coisa e não teve nem como a gente não amadurecer. Falo que esse disco é mais pessoal e mais sério que o primeiro disco, que era completamente despretensioso.

(more…)

Devendra Banhart lança clipe de “Carmensita” (com Natalie Portman)

Posted in videoclipe by Bruno Boghossian on 23 julho, 2008

Tem uma galera por aí que odeia o Devendra Banhart, que acha ele um riponga chato pacacete, que diz que ele é pseudo-intlectual etc. E é claro que o músico não ganhou mais amigos depois que assumiu seu relacionamento com a musa Natalie Portman. A mim só cabe perguntar: por que, meu Deus?

Agora os dois pombinhos aparecem juntos numa linda bizarra história de amor no clipe de “Carmensita”, do disco “Smokey Rolls Down Thunder Canyon” (2007).

Apesar da “trilha sonora” em castelhano, o vídeo é inspirado em filmes indianos antigos e mostra Devendra como um príncipe meio afeminado que luta para salvar a princesa Natalie das garras de um marajá malévolo. Clipe divertido para uma excelente canção do músico.

Rodrigo Amarante forma banda com baterista do Strokes

Posted in música by Guilherme Sorgine on 7 julho, 2008

Por essa eu acho que ninguém esperava. Aproveitando a pausa por tempo indefinido de sua banda principal, o vocalista/guitarrista Rodrigo Amarante, do Los Hermanos, acaba de montar um novo grupo com o baterista dos… Strokes!

A nova empreitada de Amarante, Fabrizio Moretti e uma misteriosa cantora de nome Binki Shapiro atende por Little Joy, e deve lançar seu primeiro CD, ainda sem título, já no segundo semestre deste ano, pelo mais que cultuado selo britânico Rough Trade. As informações são do site oficial do Strokes.

Amarante já havia participado das gravações do último álbum do neo-hippie americano Devendra Banhart, Smokey Rolls Down Thunder Canyon, no ano passado.

Enquanto isso, o outro hermano Marcelo Camelo lança canções em seu Myspace, e tem presença quase certa na próxima edição do Tim Festival.

Será que eles voltam mesmo?