sub som

Lançamentos de Outubro!

Posted in álbum, música by Gabriel Paiva on 30 setembro, 2008

Em 6 Outubro, será lançado o novo álbum do Oasis, “Dig Out Your Soul”. O novo álbum dos inglesinhos chatos já teve um single lançado, “The Shock of The Lightning”, e sai pela Big Brother Records, selo da própria banda.

Também tem os novos trabalhos do Deerhoof, Sarah McLachlan, ao vivo do Police, Michelle Williams, Los Campesinos!, Kaiser Chiefs, Queen + Paul Rodgers, Sixpence None The Richer (saquinho, né?), AC/DC (mais uma banda anciã retornando, ROCK’N’ROLL), Ludacris, Matisyahu (Shattered, um EP), Ludacris, Bloc Party (o Intimacy já teve seu lançamento online em 21 de Agosto), Deerhunter, Pink e Snow Patrol.

Quanto a mim, espero com ansiedade pelos novos do Of Montréal, Keane (sim, eu gosto) e, pasmem, The Cure!

Anúncios

Los Campesinos! anuncia lançamento de segundo álbum

Posted in álbum by Bruno Boghossian on 2 agosto, 2008

Depois de lançar suas primeiras músicas em versão demo, a banda de indie pop Los Campesinos! demorou quase dois anos para gravar seu primeiro álbum, “Hold On Now, Youngster…”, que saiu em fevereiro nos EUA e na Europa. Agora, parece que os galeses querem recuperar o tempo perdido. O grupo anunciou o lançamento do segundo disco, “We Are Beautiful, We Are Doomed” para 13 de outubro – ou seja, só oito meses depois do álbum de estréia.

O curto período de tempo entre os dois lançamentos gerou algum estranhamento entre os fãs da banda, mas, em seu site oficial, o septeto explica que o novo disco não terá lados B, remixes ou sobras do álbum anterior. “São 10 novas canções que ninguém jamais ouviu antes”.

Ainda no comunicado, os músicos brincam, dizendo que pensaram em relançar uma outra versão com “You! Me! Dancing!”, grande hit do grupo, que fez sucesso desde as primeiras gravações divulgadas na Internet. “Claro que nós pensamos em relançar uma outra versão para ficarmos famosos e podermos fazer uma nova turnê por causa disso, mas nossos pais concordaram unanimemente que, se nós fizéssemos isso, eles nunca mais falariam conosco”.